quarta-feira, 15 de abril de 2009

Ai, como era gostoso o meu francês!

_MG_6947
FOTO:Rafael Medina

Prato
francês que eu adoro! Além de ser super saudável, a ratatouille é bem versátil. Você pode servi-la como prato principal, como acompanhamento de carnes e assados ou mesmo como aperitivos, com torradas ou pães.

Esse prato é de origem camponesa, da região da Provence (sul da França) e nada mais é do que um refogado aromático de legumes, bem rústico e saboroso. Como todo prato típico, cada francês tem a sua receita, mas a base é sempre a mesma: berinjelas, abobrinhas, pimentões, cebola, alho, tomates e as famosas herbes de Provence, um mix de ervas daquela região (aqui no Brasil elas são conhecidas como ervas finas e é um composto de alecrim, tomilho, estragão, salsa, cebolinha, dentre outras ervas). Alguns fazem a ratatouille com vinho branco, outros a acompanham com queijo de cabra, uvas passas ou alho confit. Vou dar aqui a minha receita que aprendi com essa amiga francesa, que é de Marseille, cidade do sul da França.

Ratatouille

Ingredientes:
4 tomates grosseiramente picados;
2 cebolas roxas em fatias (na foto aí de cima, usei cebola branca mesmo, mas é preferível a cebola roxa, pois dá mais um colorido ao prato);
1 pimentão vermelho em fatias, sem as cascas e as sementes;
1 pimentão amarelo em fatias, sem as cascas e as sementes;
1 pimentão verde em fatias, sem as cascas e as sementes;
100 a 200 g de azeitonas verdes em lascas;
5 a 7 dentes de alho fatiados;
2 abobrinhas grosseiramente picadas;
2 berinjelas gorsseiramente picadas;
herbes de Provence (ou ervas finas) a gosto (se preferir, você pode utilizar as ervas frescas);
azeite a gosto;
sal e pimenta a gosto;
uvas passas brancas a gosto (opcional);
salsa e cebolinha verde picadas a gosto.

Modo de fazer:
Numa panela de fundo grosso, vá fritando os legumes no azeite, um de cada vez, deixando-os al dente. Faça um refogado com a cebola, o tomate e o alho nessa mesma panela e acrescente todos os legumes. Tempere com sal, pimenta, salsa e cebolinha, além das ervas finas. Acrescente as uvas passas, regue com um pouco mais de azeite e está pronto. Sirva com um vinho branco gelado ou um tinto leve.

E este vídeo aí é uma homenagem ao querido Clô, o nosso rei do alfinete! Aqui, ele canta em francês (a canção Ma Mélo Melodie) num daqueles clipes do Fantástico dos anos 70 que arrasavam! Chante chante la vie!

2 comentários:

jupter disse...

prefiro a famosa grafia: como era gostoso o meu fran6.

Alberto Neto aka FEIJÃO MARAVILHA disse...

Me respondam uma coisa? existiu alguem como Clô? Amoo