segunda-feira, 1 de junho de 2009

No Café da Parada do Apito

Tomates Verdes Fritos

Tomates Verdes Fritos
fotos: Rafael Medina

Acho que você já deve ter visto o filme Tomates Verdes Fritos, não é? Estou lendo o livro que deu origem ao filme e é muito divertido, além de ser uma leitura super fácil.

Não lembro se o café do filme tinha o nome Parada do Apito (no livro é este o nome), mas é ali que eles faziam os famosos tomates verdes fritos. Parece que este prato é muito típico do Alabama e geralmente é servido como acompanhamento. É muito fácil de fazer, na verdade é um tomate à milanesa, e, para ficar mais típico, você pode usar farinha de milho para empanar. Eu usei a farinha de rosca mesmo e servi os tomates como aperitivo.

Uma outra opção muito boa é, depois de fritos, cobri-los com um pouco de molho de tomates (ou mesmo ketchup), mussarela picada e levá-los rapidamente ao forno para que o queijo derreta. Fica muito gostoso também!

E se você está com dificuldades de achar tomates verdes, vá lá no Prezunic de Botafogo, eles são os reis dos legumes e frutas fora do ponto. Nesse caso, a deficiência desse supermercado se torna uma qualidade para a feitura desse prato.

Tomates Verdes Fritos

Escolha tomates verdes e grandes. Corte-os em fatias e passe-as na farinha de trigo, depois em ovos batidos e finalmente na farinha de rosca ou na de milho. É importante que as fatias sejam bem empanadas para que, na hora de fritá-las, fiquem crocantes. A fritura deve ser feita em bastante óleo quente e, depois de douradas, seque as fatias em papel absorvente, polvilhando-as com sal e pimenta moída na hora. Você pode servir os tomates como acompanhamento para carnes em geral ou, se preferir, como aperitivo. Se quiser, regue os tomates já prontos com algumas gotas de limão ou um fio de azeite e acompanhe-os com uma cerveja bem gelada.

E o livro está despertando em mim uma vontade de conhecer mais a música country americana. E se você quiser sentir um gostinho desse clima rural, ouça essa canção, Cocaine, de Ramblin' Jack Elliot. Ela faz parte do disco Jack Takes the Floor, de 1958. Apesar de a letra ser um pouco pesadinha, a música é linda e emocionante.


4 comentários:

Huanita disse...

Taí um filme que não me canso de assistir. Sou meio fã de country rock, mas ainda não me aprofundei: vamos ver no que dá esse tomate com um pouco de country (e talvez um creem cheese temperado tb)! ;)

Rafa Medina disse...

Esse filme eh otimo! Adoro aquela cena em que ela bate no carro das garotas que estacionam na vaga dela. KKKKKKKKKKK

Alê Ferrari disse...

Hummm, deve ficar ótimo com cream cheese!

Di disse...

Eu provei desses tomates e são mesmo uma delícia. Mais uma pra entrar na testados e aprovados.