terça-feira, 19 de maio de 2009

Santo, Santo, Santo!

Pão Recheado

Pão Recheado

Pão Recheado
foto: Rafael Medina

Para mim, e para muitas pessoas, o pão é um alimento sagrado. Representa tanta coisa, em tantos níveis, e está tão presente nos hábitos da humanidade que é como se o tivéssemos em nosso DNA.

Estima-se que ele remonta há 12000 anos e teria surgido na Mesopotâmia, junto com o cultivo do trigo. O primeiro pão assado (antes o pão era uma massa dura e seca, assada em pedras ou cinzas) surgiu no Egito, há 7000 anos atrás (foram os epípcios que também descobriram o fermento). Chegou à Europa por volta de 250 a. C. Já conhecido de nossos colonizadores, o pão sempre esteve presente no Brasil, mas sua popularidade por aqui se deu no século XIX.

Adoro fazer pão em casa. Acho que a massa fica bem diferente dos pães feitos em padarias e é uma experiência fascinante descobrir as infinitas texturas que o pão pode ter.

Esses da foto são bem leves e o segredo para se obter essa textura é sovar a massa até o ponto em que ela ficar bem elástica.

Os recheios podem ser variadíssimos e aí a sua imaginação e gosto podem brincar à vontade. Nestes, eu usei dois recheios, um de espinafre e mussarela e outro de manjericão, tomate e queijo minas. Os dois ficaram muito bons!

Pão Recheado

Ingredientes - massa:
3 ovos;
1/4 de pacote de manteiga (cerca de 50g);
1/2 xícara de chá de leite morno;
1/2 xícara de chá de água morna;
5 colheres de sopa de azeite;
15g de fermento biológico fresco;
1 colher de sopa de sal;
2 colheres de sopa de açúcar;
500g de farinha de trigo;
2 gemas para pincelar;
3 colheres de sopa de água para pincelar;
farinha de trigo para enfarinhar;
margarina para untar;

Ingredientes - recheio de espinafre e mussarela:
600 g de mussarela cortada em quadradinhos;
100g de queijo parmesão ralado;
1 maço grande de espinafre (só as folhas)
1 cebola média picada;
2 dentes de alho picados;
salsa e cebolinha verde picadas a gosto;
sal e pimenta a gosto;
azeite a gosto.

Ingredientes - recheio de tomate, manjericão e queijo minas:
500 g de queijo minas fresco ( e que seja de boa qualidade e não aqueles queijos sem gosto que se veem por aí);
1 maço grande de manjericão (só as folhas);
manjericão seco a gosto;
azeite a gosto;
6 tomates bem vermelhos, sem as cascas e as sementes, picados;
sal e pimenta a gosto.

Modo de fazer - massa:
Bata no liquidificador os ingredientes da massa, menos a farinha de trigo. Despeje em um recipiente, adicione a farinha aos poucos, e misture até ficar homogêneo. Coloque em uma superfície lisa e enfarinhada e sove por cerca de 10 minutos ou até ficar macia e elástica. Deixe descansar por 30 minutos. Divida a massa em quatro, abrindo-a com o auxílio de um rolo, formando um retângulo (ao abrir a massa, quanto mais ela ficar fina, melhor). Espalhe o recheio por cima e enrole como um rocambole. Proceda da mesma forma com as outras três porções restantes de massa. Disponha os quatro pães em duas formas untadas e enfarinhadas e, se quiser, faça cortes na diagonal, perfurando até a primeira camada de recheio aparecer. Pincele com as gemas, misturadas com a água e leve ao forno médio até que fique dourado.

Modo de fazer - recheio de espinafre e mussarela.
Refogue a cebola e alho numa frigideira de fundo grosso com um pouco de azeite. Incorpore o espinafre, a salsa e a cebolinha e frite-os até que comecem a murchar um pouco. Desligue o fogo, tempere com sal e pimenta e regue com mais um fio de azeite. Deixe esfriar, transfira esse refogado para uma tijela, acrescentando a mussarela e o parmesão. Mexa bem, corrija o sal se necessário e empregue.

Modo de fazer - recheio de tomate, manjericão e queijo minas:
Numa tijela, amasse o queijo e adicione a ele os tomates, o manjericão fresco e o seco, azeite a gosto, tempere com sal e pimenta e está pronto. Se necessário, adicione uma pitada de açúcar.

E quer um fundo musical? Adoro essa música, Holly Thursday, do David Axelrod. Aliás, o disco todo onde ela está, Songs of Innocence, é maravilhoso. Um clima místico, etéreo e absolutamente funky é o tempero que falta para esse pão ser um sucesso!






2 comentários:

Alberto Neto aka FEIJÃO MARAVILHA disse...

humm lebro me como se fosse ontem,........

jupter disse...

ovulei com esses pãezinhos